FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO

Chega-se a Deus pelo Cristianismo, mas também pelo Orientalismo


Hoje, em certas regiões do Ocidente, as religiões orientais se equiparam com o cristianismo em número de fiéis. E no Oriente, apesar de o cristianismo contar também com os protestantes, evangélicos e espíritas, infelizmente, ele é um bloco religioso de pouca importância.

Os bispos, padres e pastores diante de verdades bíblicas, milenares, universais e incontestáveis como o contato com os espíritos e a reencarnação, instruídos, cultos e inteligentes que, geralmente, eles o são, muitos deles creem nisso, mas fingem que não! E o dogma certo da Comunhão dos Santos nunca é comentado pelos padres em seus sermões, pois descobriram que ele envolve o espiritismo ou o contato entre os fiéis e os espíritos humanos bons ou santos, aos quais os católicos pedem ajuda e graças, enquanto os que não são tão santos são ajudados pelos fiéis com preces e missas. A Comunhão dos Santos, realmente, é uma comunicação entre os espíritos encarnados e desencarnados.

Com razão, pois, Bento XVI afirmou que existe hipocrisia na Igreja. Muitas autoridades dela de fato dão a entender que creem ou não em certas doutrinas, porque elas são obrigadas a assim agirem diante de seus superiores e os fiéis “beatos”, o que se pode dizer também de muitos pastores.

E A Igreja tirou a reencarnação, que é bíblica, da sua doutrina, no Concílio Ecumênico de Constantinopla (553), e criou a ressurreição do corpo, que é contrária à Bíblia. (1 Coríntios 15: 44; 15: 50; são Mateus 22:30; e Eclesiastes 12: 7).

Cada vez mais, os católicos cultos vão descobrindo as verdades bíblicas e, infelizmente, abandonando a Igreja. E esse é também o destino dos fiéis das igrejas protestantes e evangélicas, pois, um dia, eles chegarão também à verdade.

Outra questão complicada também na Igreja é o celibato obrigatório dos padres. O novo papa terá, pois, que ser corajoso para rever algumas doutrinas católicas seculares que são insustentáveis para o Terceiro Milênio, ou então, a Igreja vai continuar em declínio.

Por que as igrejas estão ficando vazias e com freqüência mais de pessoas idosas e simples? A Igreja tem promovido eventos envolvendo jovens para tentar encobrir essa melancólica realidade, que só não vê quem não quer ver. Calha bem aqui o conhecido dito: “O pior cego e o pior surdo são aqueles que não querem ver nem ouvir!” E uma crença religiosa frágil deixa de ser um suporte contra a imoralidade e a corrupção!

Outro dito milenar diz “Lux ex oriente” (“A luz vem do Oriente”). E a verdade é que as religiões orientais reencarnacionistas e outras salvam também, pois, em sua essência, todas elas equivalem ao cristianismo. Por isso, a Igreja até aposentou aquela sua absurda frase, que era fruto do ego das suas autoridades, e que, infelizmente, foi herdada pelos nossos irmãos evangélicos: “Fora da Igreja não há salvação”. Que contraste com esta espírita verdadeiramente cristã e oriental: “Fora da caridade não há salvação!”

Na Rede Mundo Maior, por parabólica, satélite digital Brasilsat C2 (antigo B1), “Presença Espírita na Bíblia”, com Celina e este colunista, nas quintas-feiras, às 20h, com reprise nos domingos, às 23h. Para suas perguntas e sugestões: penb@redemundomaior.com.br E, na Rede TV, o “Transição”, aos domingos, às 16h15 e outros horários da madrugada.

José Medrado - Editorial

Cristina Barude - Psicografia

Eventos

Auxílio Espírita

Colunistas

Artigos relacionados

Mergulho nas profundezas de si mesmo - Psicografada em 25/10/18

O encontro consigo mesmo é uma das maiores e mais fascinantes aventuras! Co...
Leia Mais

Gentileza sem cor - 26/11/18

Marisa Montes em sua música, Gentileza, inicia dizendo que “Apagaram tudo//...
Leia Mais

Outrora, ser Papa era uma satisfação, hoje, pode ser uma aflição!

No passado, ser papa era bem mais fácil do que hoje. Isso porque as pessoas...
Leia Mais

Massa de manobra - 04/06/18

Nesta manhã de segunda-feira (4), lendo aqui no BNews a manifestação de Líd...
Leia Mais